Prefeitura do Sertão cancela carnaval e anuncia uso da verba para perfurar poços

0
314

A cidade de São Mamede, no Sertão paraibano, teve as prévias e o carnaval cancelados e o dinheiro que seria usado para os festejos vai usado para perfuração de poços artesianos. O anúncio do cancelamento das festas foi feita pelo prefeito, Umberto Jefferson (DEM), nesta quarta-feira (07) no site da Prefeitura.

De acordo com o chefe do executivo municipal, o dinheiro economizado com o cancelamento da festa, cerca de R$ 20 mil, vai ser usado em obras e promoção de eventos educativos. “Prioridade no município é minimizar a crise hídrica, com a perfuração imediata de poços dentre outras ações importantes que já vem sendo desenvolvidas”, afirmou.

Além da perfuração de novos poços em vários pontos da cidade, o dinheiro vai servir para intensificar a obra da Escola Professora Fildani e em ações da Saúde, a exemplo do novo evento em Distrofia de Cinturas, marcado para 24 de fevereiro.

O prefeito ainda mencionou que a cidade não tem tradição de carnaval e assim a população fica livre para brincar nas demais localidades vizinhas. São Mamede possui cerca de 7,7 mil habitantes conforme estimativa populacional de 2017 feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O município fica a cerca de 283 km de João Pessoa.

A atitude do gestor segue o entendimento do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que orienta as Prefeituras a não realizarem festas caso estas atrapalhem financeiramente serviços básicos.

Veja também: