Paraíba tem mais de 15 mil acidentes de trabalho e custos com auxílios ultrapassam R$ 128 milhões

0
41

Dados do Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho do Ministério Público do Trabalho (MPT) revelam que a Paraíba registra cerca de 15.400 mil acidentes de trabalho no período de 2012 até 2017. Deste total, 114 resultaram em mortes.

Os motivos mais comuns de acidentes e doenças em toda a PB, segundo os dados do Observatório, ocorrem de lesões de ombro (1.364), fratura no punho e na mão (1.304), e sinovite, inflamação dos tecidos que revestem as articulações, com (1.130) ocorrências registradas.

As estimativas do Observatório MPT contabilizam 15.604auxílios-doença por acidente de trabalho na Paraíba no período de 2012 a 2017. Confira o gráfico:

Fonte: Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho

Um custo de R$ 128 milhões com afastamentos previdenciários, e perda de 3.167.549 dias de trabalho. Conforme o gráfico:

Fonte: Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho

Os setores com maiores índices de afastamento foram: construção de edifícios (1.111), fabricação de calçados (742), fabricação de tênis(701) e administração pública em geral (701).

Municípios

De 2012 a 2017, em João Pessoa, foram registrados 4.876 auxílios-doença por acidente de trabalho com custos de aproximadamente R$ 44.3 milhões, dos quais 42 casos de acidentes acabaram em mortes.

Já em Campina Grande, foram 2.316 afastamentos previdenciários que custaram cerca de R$14.4 milhões. Vinte e dois acidentes de trabalho resultaram em mortes.

Veja também:

Emanuelle Carvalho/PB Debate

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY