Bailarina de Campina cria seu primeiro projeto acadêmico de vídeo dança

0
513
Imagem: Marina / Vitor Celso

A bailarina Marina de Freitas publicou em suas redes sociais, nesta segunda-feira (9), o resultado do seu projeto acadêmico do curso de Arte e Mídia (UFCG), o vídeo dança “We are nature”. O vídeo, elaborado para a cadeira de Estética e história das artes, realça e reconecta o ser humano à natureza, empoderando as forças mais profundas e a humanidade natural.

Segundo a descrição do vídeo, de forma poética, o trabalho mostra como o ser humano faz parte desta força de construção e destruição. Neste primeiro vídeo, o realce será no poder feminino, através da dança. “Sempre foi dito popularmente que a natureza é mulher, e que nela habita o poder da construção/criação e da destruição. Completando o eterno ciclo da vida, onde nada é permanente, assim como as folhas verdes que caem e se destroem, se transformam através da mãe natureza”, diz a artista.

O trabalho contou com a ajuda de Yan AraujoVitor CelsoMarcos Vinícius Cacho nas câmeras. Como assistentes de direção e apoio Jaqueline Ribeiro e Victória Dantas. Marina é bailarina formada pela Escola de Teatro Bolshoi no Brasil, atualmente bailarina e professora do Balé Cidade de Campina Grande.

Imagem: Marina / Vitor Celso

“A trilha também é minha, para um projeto de música sample da cadeira de ITM com o professor Ian Costa. E o vídeo dança foi elaborado a partir de afetações criadas na cadeira de Estética e história das artes, com a professora Cristianne Melo. Onde buscamos elementos da natureza para criar uma obra. Essa é a primeira versão, pois o vídeo ainda vai passar por mais alguns ajustes e será publicado no meu blog, Angatu, com o processo de criação e mais detalhes”, informou.

Assista o vídeo:

Valdívia Costa/PB Debate

Veja também: Canudo de papel chegará ao mercado brasileiro substituindo o de plástico

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA